O Papado é Bíblico...


Alguns dizem que o Papado é uma fabricação da Igreja Católica.
Bem, vamos dar uma olhada na Sagrada Escritura e ver o que podemos encontrar...



DEUS, que é Ele Mesmo uma "Figura Paterna", sempre providenciou uma "Figura Paterna" humana, um "Pastor Chefe", um líder visível na terra para agir como ligação entre Ele e Seu povo. No Antigo Testamento, Seus Pastores Chefes foram Noé, Abraão, Isaac, Jacó, José, Moisés e Davi, só para citar alguns. No Novo Testamento, a "Figura Paterna" ou "Pastor Chefe" do povo de DEUS, a Igreja, é São Pedro. Seus sucessores através dos séculos são chamados afetivamente de Papa, que significa Papai em italiano.

"E Faraó (o Rei) disse a José (uma Figura Paterna): "Pois que Deus te revelou tudo isto, não haverá ninguém tão prudente e tão sábio como tu. Tu mesmo serás posto à frente de toda a minha casa, e todo o meu povo obedecerá à tua palavra: Só o trono me fará maior do que tu"". "Vês, disse-lhe ainda, eis que te ponho à testa de todo o Egito". E o faraó, tirando o anel de sua mão, pôs na mão de José; e o fez revestir-se de vestes de linho fino e meteu-lhe ao pescoço um colar de ouro..."
Gênesis 41,39-42

Chaves são sempre usadas como símbolo de poder e autoridade para os Judeus. Aquele que tem a chave pode abrir a porta trancada. Aquele que não tem a chave permanece do lado de fora. Aquele que tem a chave tem toda a autoridade sobre quem entra através da porta trancada. Se Ele fecha (tranca), ninguém pode abrir (destrancar). Se Ele abre (destranca), ninguém pode fechar (trancar).

"Ao anjo da igreja de Filadélfia, escreve: Eis o que diz o Santo e o Verdadeiro, aquele que tem a "Chave de Davi" - que abre e ninguém pode fechar; que fecha e ninguém pode abrir. Conheço as tuas obras: eu pus diante de ti uma porta aberta que ninguém pode fechar; porque, apesar de tua fraqueza, guardaste a minha palavra e não renegaste o meu nome." Ap 3,7-8


A "Chave de Davi", qual é o significado?

"Naquele dia chamarei meu servo Eliacim, filho de Helcias. Revesti-lo-ei com a tua Túnica, cingi-lo-ei com o teu Cinto, e lhe transferirei os teus poderes (autoridade); ele será um PAI (a palavra "Papa" significa "Papai") para os habitantes de Jerusalém e para a casa de Judá. Porei sobre seus ombros a Chave da Casa de Davi (o símbolo da primazia); se ele abrir, ninguém fechará, se fechar, ninguém abrirá; fixá-lo-ei como prego em Lugar Firme (o Ofício Papal), e ele será um Trono de honra para a casa de seu pai. Dele estarão pendentes todos os membros de sua família, os ramos principais e os ramos menores, toda espécie de vasos, desde os copos até os jarros."
Isaías 22,20-24

"Meu servo" significa "Fiel a DEUS". "Eliacim" significa "DEUS estabelecerá". Aqui temos uma figura que é fiel a DEUS e alguém a quem DEUS vai exaltar. Em muitos versículos da Escritura, sempre que este "Eliacim" é mencionado, diz-se que ele está "em cargo da Casa": 2Reis 18,18, 2Reis 18,37, 2Reis 19,2, Isaías 36,3, Isaías 36,22, Isaías 37,2.
Em Isaías 36:3, ele é descrito como sendo "Administrador da Casa". O Papa é certamente "Fiel a DEUS", e ele está "Encarregado da Casa de DEUS", a Igreja visível na terra.

Então o que temos aqui? Temos um OFÍCIO, um CINTO, uma TÚNICA, um TRONO, uma CHAVE, um PREGO, e um LUGAR FIRME.

A Casa de Davi é o Reino Davídico. Davi é uma figura de Cristo.

O OFÍCIO é o Papado, o Santo Padre, o Papa, para os habitantes de Jerusalém e para a Casa de Judá, (a Igreja), o Vigário de Cristo, o Bispo de Roma, o sucessor de São Pedro, a cabeça visível da Igreja Católica na terra.

O CINTO, a TÚNICA, o TRONO, e as CHAVES são símbolos de sua autoridade.

O CINTO (faixa, cintura) é o que separa o sacerdote principal dos outros sacerdotes.
"Fala aos homens inteligentes a quem enchi do espírito de sabedoria, para que confeccionem as vestes de Aarão, de sorte que ele seja consagrado ao meu sacerdócio. Eis as vestes que deverão fazer: um peitoral, um efod, um manto, uma túnica bordada, um turbante e um CINTO. " Êx 28,3-4.
"Ele (Aarão) revestir-se-á da "Túnica" sagrada de linho, levará sobre o corpo um calção de linho, cingir-se-á dum Cinto de linho e porá na cabeça uma Mitra de linho (o Papa usa uma Mitra)." Lv 16,3

A TÚNICA simboliza sua autoridade como O Bispo de Roma, o Supremo Pontífice, o Sumo-Sacerdote da Igreja Visível na terra.
"Como uma oliveira cujos rebentos crescem, e como um cipreste que se ergue para o alto. Assim aparecia ele quando se cobria com a TÚNICA de aparato e revestia os ornatos de seu PODER. Subindo ao Altar Santo, honrava os Santos ornamentos. Conservando-se de pé junto do Altar, recebia as partes (das vítimas) da mão dos sacerdotes e os seus irmãos o rodeavam como uma coroa, como uma plantação de cedros no monte Líbano. Como folhas de uma palmeira, todos os filhos de Aarão mantinham-se em volta dele em sua magnificência. A Oblação do Senhor (a Sagrada Eucaristia) era apresentada pelas suas mãos diante da Congregação (Igreja) de Israel. Quando terminava o sacrifício no Altar, a fim de enaltecer a oblação do Rei Altíssimo, ele estendia a mão para a libação e espargia o Sangue da videira (vinho transformado no Sangue de Cristo)." Eclo 50,11-16
"Por isso nós te constituímos desde agora, Sumo Sacerdote (Vigário de Cristo) de teu povo, outorgamos-te o título de amigo do Rei - mandou-lhe uma TÚNICA de púrpura e uma COROA DE OURO (Mitra) - e pedimos-te escolher nosso partido e conservar-nos tua amizade." 1Mc 10,20

O TRONO é a Cadeira (Cátedra) de São Pedro da qual o Vigário de Cristo proclama para o mundo inteiro afirmações infalíveis a respeito de fé e moral.
Moisés, o Líder do povo eleito de DEUS, tinha uma Cátedra de Autoridade.
"Os Escribas e os Fariseus sentaram-se na Cadeira (Cátedra) de Moisés." Mt 23,2
"Este Propiciatório (Cadeira da Misericórdia) colocarás sobre a Arca. Na Arca colocarás os Mandamentos que Eu te der. Ali virei ter contigo, é de cima do Popiciatório, do meio dos querubins que estão sobre a Arca da Aliança, que te darei todas as minhas ordens para os israelitas. (Ex-Cátedra)." Êx 25,20-22
"Tomou os Mandamentos e colocou-os na Arca; meteu os varais na Arca e colocou nela o Propiciatório." Êx 40:20
"...O Senhor disse a Moisés: "Recomenda a teu irmão Aarão que nunca entre no santuário além do véu, diante do Propiciatório que recobre a arca, para que não morra, porque apareço na nuvem por cima do Propiciatório. (DEUS vai falar somente com o Seu Líder Visível na terra, Seu Vigário)." Lv 16,2
"Quando Moisés entrava na Tenda de Reunião para falar com o Senhor, ouvia a voz que lhe falava de cima do Propiciatório colocado sobre a Arca dos Mandamentos, entre os dois querubins. E falava com o Senhor...(Ex-Cátedra)" Nm 7,89
Esta Cadeira de Misericórdia se torna dessa forma a protetora da Arca e de seu conteúdo. Na Arca estavam as Placas de Pedra dadas a Moisés, o cajado de Aarão, e o Maná do Céu. Estas são prefiguras da Nova Arca da Aliança, a Bem-Aventurada Virgem Maria, que carregou em seu ventre a Palavra de DEUS, o Poder de DEUS e o Corpo de Cristo, o Maná do Céu.



As CHAVES são símbolo de Sua Autoridade, e da capacidade de Desligar e Ligar os poderes do pecado, e também um símbolo de discernimento.

O PREGO de madeira é simbólico na tradição Hebraica, sendo o prego principal da tenda pelo qual todos as outras linhas passam.

O LUGAR FIRME, claro, é O Vaticano em Roma, a Sede Papal.



"Em DEUS residem sabedoria e poder; Ele possui o conselho (o Magistério em conjunto com o Espírito Santo) e a inteligência (discernimento). O que Ele destrói não será reconstruído; se aprisionar um homem, ninguém há que o solte. (autoridade Papal: Roma falou, o assunto está resolvido)." Jó 12,13-14


"E Eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta "Pedra" edificarei a Minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Eu TE darei as CHAVES do Reino dos Céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos Céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos Céus." Mat 16,18-19

Jesus Cristo se diririu a Pedro e somente a Pedro nesses dois versículos. Ele deu somente a Pedro as CHAVES do Reino dos Céus, o poder de "Ligar e Desligar" pecados, ou se você preferir, o "Sacramento da Reconciliação". Claramente, quando Jesus se dirigiu somente a Pedro e ao mesmo tempo mudou seu nome de Simão para Pedro, ele tinha designado Pedro como o "Principal" Apóstolo. Mais tarde em Mat 18,18, Jesus deu o poder de "Ligar e Desligar" a todos os Apóstolos. Depois de Jesus ter ressurgido dos mortos, Ele apareceu a todos os Apóstolos e novamente lhes deu o poder de "Ligar e Desligar" em João 20,22-23.

Para fortalecer mais ainda a "Primazia de Pedro", Jesus dirigiu-se somente a ele em João 21, 15-17 quando ordenou a ele que "Alimentasse Meu Rebanho". Como outro exemplo, Jesus ordenou a Simão-Pedro que fortalecesse seus irmãos em Lucas 22,31-32.
Pedro reconheceu sua primazia, quando no Concílio de Jerusalém, levantou-se e disse: "Irmãos, vós sabeis que já há muito tempo DEUS me escolheu dentre vós, para que da MINHA boca os pagãos ouvissem a palavra do Evangelho e cressem." At 15,7
A afirmação de Pedro singularizava que a verdade do Evangelho viria da primazia da Igreja Católica, e esta primazia é o Papado.


"Se teu irmão tiver pecado contra ti, vai e repreende-o entre ti e ele somente; se te ouvir, terás ganho teu irmão. Se não te escutar, toma contigo uma ou duas pessoas, a fim de que toda a questão se resolva pela decisão de duas ou três testemunhas. Se recusa ouvi-los, dize-o à IGREJA. E se recusar ouvir também a IGREJA, seja ele para ti como um pagão e um publicano. Em verdade vos digo: tudo o que ligardes sobre a terra será ligado no céu, e tudo o que desligardes sobre a terra será também desligado no céu." Mt 18,15-18


Aqui, direto da Sagrada Escritura, temos um esboço para um sistema de apelação. Como você apela para Igreja a menos que haja um sistema de árbitros preexistindo naquela Igreja. A quem uma pessoa apela na vida civil? Apelamos para a mais alta corte do nosso governo. O que você supõe que teria acontecido se nossos pais fundadores não tivessem estabelecido um sistema de poderes interdependentes; um sistema com muitas leis, mas nenhuma "hierarquia" para interpretar aquelas leis para nós? O que aconteceria se os pais fundadores tivessem escrito nossa constituição e não tivessem providenciado uma Suprema Corte para ter a palavra final na interpretação das leis nela contidas? O que teria acontecido se eles tivessem deixado a cargo do povo e tivessem dito: "Interpretem a lei da terra conforme lhes pareça adequado?". Imediatamente, haveria conflitos e caos e divisões na unidade do país. Isto não é exatamente o que os nossos irmãos e irmãs Protestantes fizeram com a "Lei de DEUS", a Bíblia? Os reformadores rejeitaram a autoridade da Igreja Católica e conflitos e caos se iniciaram imediatamente, brigas entre suas fileiras e divisões no Corpo de Cristo que contam mais de 28.000 no Protestantismo hoje em dia.


Onde está a "Suprema Corte" do Protestantismo? Quem ou o quê é a autoridade em suas fileiras que arbitra as disputas a respeito da interpretação da Bíblia? O protótipo da autoridade final em tais assuntos foi registrado em detalhes no Antigo Testamento e se encaixa perfeitamente com a autoridade Papal e o Magistério de hoje na Igreja Católica.

"No dia seguinte, Moisés assentou-se para fazer justiça ao povo, que se conservou de pé diante dele desde a manhã até a tarde. O sogro de Moisés, vendo todo o trabalho a que ele se dava pelo povo, disse-lhe: "Que é isso que fazes com o povo? Por que te sentas só no tribunal com toda essa gente que se conserva em torno de ti da manhã à tarde?" "É QUE, DISSE MOISÉS, O POVO VEM A MIM PARA CONSULTAR DEUS.. Quando têm alguma questão, VÊM PROCURAR-ME PARA QUE EU JULGUE ENTRE ELES (MOISÉS FALOU, O CASO FOI RESOLVIDO), FAZENDO-LHES SABER AS ORDENS DE DEUS E SUAS LEIS". O sogro de Moisés disse-lhe: "Não está certo o que fazes" Tu te esgotarás seguramente, assim como todo esse povo que está contigo, porque o fardo é pesado demais para ti, e não poderás levá-lo sozinho. Escuta-me: vou dar-te um conselho, e que DEUS esteja contigo. TU SERÁS O REPRESENTANTE DO POVO JUNTO DE DEUS, E LEVARÁS AS QUESTÕES DIANTE DE DEUS: ENSINAR-LHES-ÁS SUAS ORDENS E SUAS LEIS, E LHES MOSTRARÁS O CAMINHO A SEGUIR E COMO TERÃO DE COMPORTAR-SE. MAS ESCOLHERÁS DO MEIO DO POVO HOMENS PRUDENTES, TEMENTES A DEUS, ÍNTEGROS, DESINTERESSADOS, E OS PORÁS À FRENTE DO POVO (CARDEAIS E BISPOS, O MAGISTÉRIO), COMO CHEFES DE MIL, CHEFES DE CEM, CHEFES DE CINQUENTA E CHEFES DE DEZENAS. ELES JUGARÃO O POVO TODO O TEMPO. LEVARÃO A TI AS CAUSAS IMPORTANTES (AUTORIDADE PAPAL, ROMA FALOU, O CASO ESTÁ RESOLVIDO), MAS RESOLVERÃO POR SI MESMOS AS CAUSAS DE MENOR IMPORTÂNCIA. ASSIM ALIVIARÃO A TUA CARGA, LEVANDO-A CONSIGO. SE FIZERES ISSO, E DEUS O ORDENAR, PODERÁS DAR CONTA DO TRABALHO, E TODA ESTA GENTE VOLTARÁ EM PAZ PARA SUAS HABITAÇÕES."

Moisés seguiu o conselho de seu sogro e fez tudo o que ele lhe tinha dito. ESCOLHEU EM TODO O ISRAEL HOMENS PRUDENTES E OS PÔS À FRENTE DO POVO COMO CHEFES DE MIL, CHEFES DE CEM, CHEFES DE CINQUENTA E CHEFES DE DEZENAS (CARDEAIS, ARCEBISPOS E BISPOS, COMO TEMOS NA IGREJA CATÓLICA HOJE EM DIA)."
Êxodo 18,13-26

Roma realmente falou.

Se Êxodo 18,13-26 não é prova suficiente, aqui está outra referência que reforça a idéia.

Moisés disse:
"Eu sozinho não posso suportar todo esse povo; ele é pesado demais para mim. Em lugar de tratar-me assim rogo-vos que antes me façais morrer, se achei agrado a vossos olhos, a fim de que eu não veja a minha infelicidade."
Então o Senhor respondeu a Moisés: "Junta-me setenta homens entre os anciãos de Israel, que sabes serem os anciãos do povo e tenham autoridade sobre ele. Conduze-os à Tenda de Reunião, onte estarão contigo. Então descerei E ALI FALAREI CONTIGO. TOMAREI DO ESPÍRITO QUE ESTÁ EM TI E O DERRAMAREI SOBRE ELES, PARA QUE POSSAM LEVAR CONTIGO A CARGA DO POVO E NÃO ESTEJAS MAIS SOZINHO."
Números 11,14-17


Êxodo 18 e Números 11 mostram um "tipo" da hierarquia da Igreja Católica de hoje. Vemos um sistema de arbitragem e uma autoridade final para resolver disputas inevitáveis que surgem de tempos em tempos. Vemos um "tipo" do Magistério nos setenta anciãos. Roma realmente falou. O esquema foi traçado no Antigo Testamento.


"Ora, vós sois o Corpo de Cristo e cada um de sua parte , é um dos Seus membros. Na Igreja, DEUS constituiu primeiramente os Apóstolos, em segundo lugar os profetas, em terceiro lugar os DOUTORES (PROFESSORES, o Papa é o primeiro professor) , depois os que têm o dom dos milagres, o dom de curar, de socorrer, PODER DE ADMINISTRAR, de falar diversas línguas." 1Cr 12,27-28

ADMINISTRAÇÃO: Gerência, especialmente em assuntos de negócios. A atividade de um estado soberano no exercício de seus poderes ou deveres. É assim que um dicionário define a palavra.
Esta é uma boa descrição da hierarquia da Igreja Católica, que certamente inclui o Papa e o Magistério, e mais de 3500 Bispos.

Todo governo, toda corporação, toda instituição, tem um PODER DE ADMINISTRAÇÃO.
O Governo Federal tem um Ramo Executivo, um Ramo Legislativo e um Ramo Judiciário.
Corporações tem um Chefe Executivo, uma Diretoria e Acionistas.
Por que, então, a maior e mais antiga instituição na terra não deveria ter um Papa, um Magistério e milhares de Bispos, todos guiados pelo Espírito Santo na verdade?

"Se aparecer uma questão cujo juízo te seja muito difícil de fazer: assassinato, disputa, ferida, um processo qualquer em tua cidade, terás o dever de subir ao lugar escolhido pelo Senhor, teu DEUS. Irás ter com os sacerdotes da linhagem de Levi (Magistério) e com o JUIZ (Papa) que ESTIVER EM EXERCÍCIO (o Papado) nesse momento; consulta-lo-ás, e eles te dirão a sentença (a pronunciar). AGIRÁS SEGUNDO AS INSTRUÇÕES QUE TE TIVEREM DADO, E CONFORME A SENTENÇA QUE TE TIVEREM DITADO, SEM TE APARTARES DO SEU PARECER NEM PARA A DIREITA NEM PARA A ESQUERDA. AQUELE QUE, POR ORGULHO, RECUSAR OUVIR O SACERDOTE QUE ESTIVER NESSE TEMPO A SERVIÇO DO SENHOR, TEU DEUS OU O JUIZ, ESSE HOMEM SERÁ PUNIDO DE MORTE (agora, morte Espiritual). ASSIM TIRARÁS O MAL DO MEIO DE ISRAEL." Dt 17,8-12

"No peitoral de julgamento porás o urim e o turim, para que estejam sobre o peito de Aarão quando ele se apresentar diante do Senhor. Assim ELE LEVARÁ CONSTANTEMENTE SOBRE O SEU CORAÇÃO, DIANTE DO SENHOR, O JULGAMENTO DOS ISRAELITAS."
Êx 28,30

Agora, o que esses versos prefiguram? É exatamente assim que o Papa e o Magistério trabalham em conjunto com o Espírito Santo hoje em dia.


Agora que temos uma Hierarquia da Igreja guiada pelo Espírito Santo, um de seus deveres primários é convocar Concílios periódicos da Igreja. Estes Concílios são convocados a fim de definir verdades reveladas na Escritura e se dirigir a heresias que surgem, e lidar com outros problemas da época. Estão presentes nos Concílios o Papa e os Bispos...E eles são Bíblicos.

"Por falta de direção cai um povo: onde há muitos Conselheiros, ali haverá salvação." Pr 11,14

"Ao insensato parece reto seu caminho, enquanto o sábio ouve os Conselhos." Pr 12,15

"Os projetos malogram por falta de deliberação; conseguem bom êxito com muitos Conselheiros." Pr 15,22

"Ouve os Conselhos, aceita a instrução: Tu serás sábio para o futuro." Pr 19,20

"Os projetos triunfam pelo Conselho; É com prudência que deve ser dirigida a guerra." Pr 20,18

"É com a prudência que empreenderás a guerra, e a vitória depende de grande número de conselheiros." Pr 24,6

"Recorra a um Conselho, convoque um Conselho..." Is 16,3

"Eles tinham estabelecido entre si um conselho supremo onde, cada dia, trezendos e vinte conselheiros discutiam assuntos do povo, PARA GOVERNÁ-LO BEM. Cada ano confiavam a autoridade suprema a um só homem, que comandava em todo o território e todos obedeciam a um só, sem haver ali entre eles nem inveja nem ciúme." 1Mc 8,15-16



©
Escrito por Bob Stanley em 14 de abril de 1999
Atualizado em 2 de agosto de 2004


Voltar à Página Principal...