Bom Senso
Já Não é Mais Tão Comum!



DEUS deu a cada um de nós o poder de raciocinar a respeito das coisas usando puro e simples bom senso.
O que aconteceu com o dom de DEUS em nossa sociedade nos dias de hoje?
Às vezes parece que tomou o mesmo caminho do Dinossauro e do pássaro Dodo.
Há agora mais de 33.800* comunidades eclesiais não-Católicas** hoje em dia no mundo. Há vinte anos atrás havia cerca de 21.000*.
"Então estaria Cristo dividido?"
1Coríntios 1,10

*Enciclopédia Cristã Mundial, Abril de 2001. Esta é uma publicação Protestante.
**Só há uma Igreja Cristã no mundo, já que Jesus Cristo só fundou uma. Leia Mateus 16,18 e você vai ver que Ele realmente disse que fundou Sua Igreja, e não igrejas. Não pode haver 33.800 igrejas diferentes pois Cristo é um só,
então elas são chamadas legitimamente de "comunidades eclesiais".


Isto é pura insanidade. Qualquer pessoa de bom senso e com conhecimentos básicos de aritmética ou com uma calculadora, com algumas operações simples, pode perceber imediatamente que, se continuar sem supervisão como tem acontecido,  só falta alguns poucos anos antes que cada Cristão não-Católico será a sua própria comunidade eclesiástica. Os números têm aumentado 65% em apenas 20 anos. O que acontecerá nos próximos 20 anos?


Aqui estão algums pensamentos simples mas importantes para você refletir, todos eles requerem bom senso:


Há a questão da verdade, que é o fundamento da Igreja que Jesus Cristo fundou:

1. A Verdade é UMA SÓ e é uma pessoa, a pessoa de Jesus Cristo. Só pode haver UMA verdade.
Ele disse: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida." João 14,6
Se esse é o caso, então todas aquelas dezenas de milhares de comunidades eclesiais deveriam estar ensinando as mesmas coisas e dessa forma haveria apenas uma igreja. Como então alguém pode explicar as dezenas de milhares de divisões que existem hoje em dia na verdade do único Corpo de Cristo?

2. Há apenas um DEUS, um Pai, um Salvador, um Espírito Santo, um Corpo de Cristo, um Batismo, e uma Fé. Leia Efésios 4,1-6
"Uma fé" significa que todos formam uma só mente e um só pensamento, conforme a Sagrada Escritura nos ensina. Em outras palavras: uma Igreja.
Leia Romanos 15,5-6.

3. Qual é a "Coluna e Sustentáculo da Verdade"? Leia 1Timóteo 3,15 para obter a resposta.

Todo o necessário para encontrar a verdade é um pouco de bom senso, mas então, onde está o bom senso hoje em dia?


Há a questão de autoridade que é de suma importância.
"Maravilharam-se da sua doutrina, porque os ensinava como quem tem autoridade e não como os escribas."
Marcos 1,22
Não pode haver nenhuma autoridade na Igreja a não ser que seja dada por DEUS:

1. Por favor mostre-me o versículo na Bíblia que dá a autoridade a alguma pessoa para fundar sua própria igreja diferente da ÚNICA que Jesus Cristo fundou?
Eu posso, ou alguma outra pessoa, simplesmente erguer uma Bíblia e declarar: "Esta é a minha autoridade"?
Se você acredita nisso, então por favor mostre-me o versículo que reafirma esta declaração.

2. Por favor explique o significado do Salmo 127,1:
"Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a constroem. Se o Senhor não guardar a cidade, debalde vigiam as sentinelas."
Faça a si mesmo estas perguntas:
Qual casa? É a casa de DEUS. Quantas casas DEUS construiu? A resposta é mostrada claramente em Mateus 16,18 conforme explicado anteriormente.
Qual cidade? É a Nova Jerusalém, que é a Igreja que Jesus Cristo fundou.

3. Já que existem tantas comunidades eclesiais não-Católicas no mundo, quando surge uma disputa doutrinal entre elas, qual delas, se alguma, tem a autoridade de julgar a dita disputa?
Se ninguém tem a autoridade, então como as disputas são resolvidas?
Elas se resolvem meramente criando ainda mais divisões no Corpo de Cristo?
Mais uma divisão não resolve nada. Somente prolonga a disputa e permite o erro.

4. O que ou quem é a autoridade final? É a Bíblia?
Bem, o que a Bíblia diz?
"Se teu irmão tiver pecado contra ti, vai e repreende-o entre ti e ele somente; se te ouvir, terás ganho teu irmão. Se não te escutar, toma contigo uma ou duas pessoas, a fim de que toda a questão se resolva pela decisão de duas ou três testemunhas. Se recusa ouvi-los, dize-o à Igreja. E se recusar ouvir também a Igreja, seja ele para ti como um pagão e um publicano. Em verdade vos digo, tudo o que ligardes sobre a terra será ligado no céu, e tudo o que desligardes sobre a terra será também desligado no céu."
Mateus 18,15-18
A Escritura ensina claramente que a autoridade mais elevada é a Igreja que Jesus Cristo fundou.
Note que no versículo 18 Ele deu somente a Sua Igreja aquela autoridade.
Como podem estes versículos serem ignorados por qualquer pessoa que tenha bom senso?

Todo o necessário para encontrar a verdade é um pouco de bom senso, mas então, onde está o bom senso hoje em dia?


Então há a questão da obediência:

1. "Sede submissos e obedecei aos que vos guiam, pois eles velam por vossas almas e delas devem dar conta. Assim, eles o farão com alegria, e não a gemer, que isto vos seria funesto." Hebreus 13,17
Tantos não-Católicos alegam seguir o ensinamento da Sagrada Escritura. Eu perguntaria se os fundadores da Reforma: Lutero, Calvino, Munser e os outros, obedeceram a este versículo? Se eles não foram obedientes, então como poderiam os seus seguidores serem obedientes?

2. Há muitos versículos que advertem contra desprezar a autoridade dada por DEUS a respeito de Sua Assembléia (A.T.) ou Igreja (N.T.) que Ele concedeu aos profetas tais como Moisés (Êxodo 3-40), e aos Apóstolos (João 20,21-23), e aos seus sucessores (Hebreus 13,7-8.17).
Leia sobre a rebelião de Coré contra a autoridade dada por DEUS a Moisés em Números 16 e preste atenção especial ao que aconteceu a Coré e a seus seguidores em Números 16,31-35.

Todo o necessário para encontrar a verdade é um pouco de bom senso, mas então, onde está o bom senso hoje em dia? 


Há a questão do Espírito Santo:

"Quantas vezes você já ouviu um não-Católico dizer: "O Espírito Santo me disse"?
Eles todos parecem estar dizendo isto, mas como pode ser? O Espírito Santo é DEUS, e DEUS é a verdade, e nem DEUS nem a verdade mudam. Há grandes diferenças entre denominações, não apenas diferenças insignificantes conforme alguns queriam que acreditássemos. Todas as denominações seguintes ensinam usando a mesma Bíblia. Como pode então o Espírito Santo dizer uma coisa a uma denominação e então dizer a uma outra justamente o oposto?
Por exemplo:
Os Adventistas do Sétimo Dia insistem que a escritura diz que devemos prestar culto no Sábado. Luteranos com igual insistência ensinam que a escritura diz que devemos prestar culto no Domingo.
Não estaria o Espírito Santo ensinando a cada uma um ponto de vista diferente neste caso? Como Ele poderia fazer isso?
Os Metodistas dizem que a escritura diz que se pode ordenar mulheres. Os Batistas dizem que não é Bíblico.
Os Presbiterianos ensinam a "predestinação" e eles batizam bebês. Batistas rejeitam ambas as coisas.
Os Luteranos dizem que Jesus Cristo está verdadeiramente presente na Eucaristia. Os Batistas dizem que é apenas um símbolo.
Quais deles, se algum, está sendo guiado pelo Espírito Santo nessas importantes diferenças doutrinais? Novamente repito, o Espírito Santo está ensinando a cada um um ponto de vista oposto?
DEUS é o autor da confusão? Não são as opiniões de homens que estão causando a confusão?
Não podem estar todos certos, podem? O que o seu bom senso lhe diz?

Ninguém consegue perceber que poderia ser qualquer um dos três espíritos que está realmente falando?
Eles são:
1. O Espírito Santo.
2. O espírito humano dentro de cada um de nós.
3. Um espírito mal ou demoníaco.

Por causa das miríades de conflitos doutrinais nas dezenas de milhares de divisões atuais no Corpo de Cristo, não é óbvio que nós podemos eliminar a alternativa número 1 para todas salvo uma, a única Igreja que Jesus Cristo fundou, e dessa forma teria que ter a plenitude da verdade?

"Um homem Cristão é Católico enquanto ele vive no corpo; cortado fora, ele é um herege; o Espírito não segue um membro amputado." Santo Agostinho de Hipona 354-430

A Sagrada Escritura nos adverte para que testemos todos os espíritos. "Caríssimos, não deis fé a qualquer espírito, mas examinai se os espíritos são de DEUS, porque muitos falsos profetas se levantaram no mundo."
1João 4,1
Quantos são os "muitos falsos profetas"?
A questão é fácil, pois todos salvo um, ensinam uma "variante" da verdade, e não a verdade total. Só pode ser esta a conclusão lógica, já que se algum ensinasse toda a verdade estaria unido à única Igreja que Jesus Cristo fundou.

Todo o necessário para encontrar a verdade é um pouco de bom senso, mas então, onde está o bom senso hoje em dia? 



Há a questão da adequada Interpretação Bíblica:

Tenho certeza de que a maioria das pessoas está ciente de que o Novo Testamento foi escrito na língua Grega, exceto tralvez por Mateus, o qual muitos estudiosos concordam que foi originalmente escrito em Aramaico e logo depois traduzido para o Grego.
Toda vez que uma língua é traduzida para outra, algo se ganha ou se perde. E por isso que, para interpretação adequada da Bíblia, é melhor voltar à língua original na qual foi escrita a fim de entender plenamente o significado.
Por exemplo:
"(31) Simão, Simão, eis que Satanás vos reclamou para vos peneirar como o trigo (32); mas eu roguei por ti, para que a tua confiança não desfaleça; e tu, por tua vez, confirma teus irmãos." Lucas 22,31-32
Em Inglês, a palvra "you" (você, tu) pode ser singular ou plural. Entretanto, em Grego há uma palavra diferente para o plural, e é "humas", o singular "you" é "sou". O significado desses versículos tornam-se então claros já que no versículo 31 Jesus falou para todos os Apóstolos, enquanto no versículo 31 Ele só se dirigiu a Pedro.
As traduções Inglesas tornam-se problemáticas quando nós consideramos outro exemplo: as palavras "brethren" ou "brothers" ("irmãos"). Não-Católicos irão consistentemente tomar a palavra "irmãos" como significando irmão de sangue. Eles fazem isso o tempo todo para tentar "provar" que Jesus Cristo teve irmãos, outros filhos da Bem-Aventurada Virgem Maria. Um dos exemplos que eles usam é Gálatas 1,19, "Dos outros apóstolos não vi mais nenhum, a não ser Tiago, irmão do Senhor." Seguindo o texto Grego, a palavra usada para irmão é "adelphos", e seu significado num dicionário de Grego é:

Adelphos (ad-el-fos)

1. Um irmão, seja nascido dos mesmos pais ou apenas do mesmo pai ou da mesma mãe.
2. Que tem o mesmo ancestral nacional, o que pertence ao mesmo povo, ou conterrâneo.
3. Qualquer companheiro ou homem.
4. Um companheiro crente, unido a outro pelo vínculo da afeição.
5. Um associado no emprego ou ofício.
6. Irmãos:
  6a. irmãos de sangue 
  6b. todos os homens 
  6c. Apóstolos 
  6d. Cristãos, como aqueles que são elevados para o mesmo lugar celestial

Como você pode verificar, este dicionário mostra 6 classes de significados para a palavra Grega adelphos, e uma dessas classes tem múltiplos significados.
Como determinamos qual significado é o verdadeiro?
Devemos colocar o versículo em contexto, como com todos os versículos da Escritura, para entender seu verdadeiro significado.
Neste caso, o significado mais óbvio da palavra em Gálatas 1,19 é 6c. Como sabemos disso? Uma maneira é verificar que o versículo infere que Tiago é um Apóstolo, e os verdadeiros pais de ambos os Apóstolos chamados Tiago são indicados na Sagrada Escritura. Algumas das outras opções poderiam também ser escolhidas,  mas certamente não a 1 ou a 6a por causa do contexto. Detratores da Bem-Aventurada Virgem Maria, ignorando o contexto, vão consistentemente escolher somente o primeiro significado, e vão ignorar o resto. Em alguns versículos, o significado é irmãos de sangue, mas em outros significa algo diferente. Você pode ver prontamente que colocando o versículo em contexto funciona das duas maneiras. Vai te dar o verdadeiro significado, enquanto ao mesmo tempo elimina os significados espúrios.
O significado sempre depende do contexto no qual as palavras são usadas.
Ignorando o contexto eles caem na armadilha de 2Timóteo 3,7:
"Sempre a aprender sem nunca chegar ao conhecimento da verdade".

Agora, se você desse a mesma Bíbila a todas as atuais 33.800+ comunidades eclesiais e pedisse a cada uma a sua interpretação dela, você teria 33.800+ interpretações diferentes, todas baseadas unicamente em opiniões privadas. Isso porque, para elas, é "cada um por si em termos de interpretação da Bíbila".
Entretanto, interpretação individual da Sagrada Escritura é proibida pela própria Escritura.
Leia Atos 8,26-40, 2Pedro 1,20-21; 3,16.
Esses versículos não são ignorados por aqueles que são culpados de praticar interpretação privada da Sagrada Escritura?

Todos têm o direito de ter sua própria opinião pessoal. Entretanto, a opinião pessoal de uma pessoa não tem nenhum peso na verdade doutrinal.
"Eles vieram e lhe disseram: "Mestre, sabemos que és verdadeiro e ensinas o caminho de Deus em toda a verdade, sem te preocupares com ninguém porque não olhas para a aparência dos homens. Dize-nos, pois, o que te parece: É permitido ou não pagar o imposto a César?"" A frase em azul indica o que a Igreja que Jesus Cristo fundou faz.

Alguém notou as semelhanças em termos de interpretação individual da Bíbilia e falta de uma autoridade central, nos eventos de 11 de setembro de 2001? O Islamismo é muito semelhante ao pensamento Protestante, pois eles também não tem uma única autoridade e sua interpretação do Alcorão é baseada em opiniões de várias seitas disconectadas.
"Um corpo com duas cabeças é um monstro": disse São Tomás de Aquino (século 13).

Todo o necessário para encontrar a verdade é um pouco de bom senso, mas então, onde está o bom senso hoje em dia? 



Depois de uma interpretação adequada da Sagrada Escritura, há a questão de não ler coisas que simplesmente não estão lá, ou ignorar ou não apoiar tudo o que a Palavra de DEUS tem a dizer.
Por exemplo:
Ler o que simplesmente não está lá:
1. A Bíblia não diz que é a autoridade final, e ainda assim muitos dizem que ela o é.
2. Ela não diz que Maria teve outros filhos, e ainda assim muitos dizem que ela teve.
3. Ela não diz que a Sagrada Eucaristia é um símbolo, e ainda assim muitos dizem que é.
4. Ela não diz que contém tudo e que devemos ignorar outros documentos, e ainda assim alguns dizem que ela diz isso.

Ignorar o que está lá:
5. Ela realmente diz que devemos chamar a Mãe de DEUS "Bem-Aventurada", e ainda assim a maioria dos não-Católicos não a chamam.
6. Ela diz que a Igreja é que é a Coluna e Sustentáculo da verdade, mas ainda assim este versículo é ignorado pela maioria das comunidades eclesiais. 1Timóteo 3,15
7. Ela diz que há um terceiro lugar para onde poderíamos ir, mas ainda assim quase todos exceto os Católicos negam isso.

Todo o necessário para encontrar a verdade é um pouco de bom senso, mas então, onde está o bom senso hoje em dia?


Há a questão de "sentimentos" e "emoções":

Aqui estão algumas razões genuínas e reais do porquê das pessoas terem escolhido uma assembléia ao invés de uma outra:

"O pregador fez nascer um fogo em mim e eu estou emocionalmente energizada."
Eu diria que satã em toda a sua esperteza pode erguer também tal fogo. Não se esqueça de que ele nos daria 99 verdades se pudesse fazer com que que engolíssemos somente uma mentira.

"Esta tem um coral melhor, e isso me enleva."
É a verdade que nós deveríamos estar procurando para nos enlevar, e não um coral que soe melhor.

"Esta tem uma creche para cuidar das crianças durante o culto e assim nós temos menos distrações."
Estas pessoas ignoram completamente versículos tais como Mateus 19,14, "...mas Jesus lhes disse: "Deixai vir a mim estas criancinhas e não as impeçais, porque o Reino dos Céus é para aqueles que se lhes assemelham"."

"Eu simplesmente me senti bem."
Este é o maior problema com a nossa sociedade hoje em dia: "O que me faz sentir bem é tudo o que importa".
"Não fareis nesse lugar o que nós fazemos hoje aqui, onde cada um faz o que bem lhe parece."
Deuteronômio 12,8

Se as pessoas entendessem bem a Sagrada Escritura, eles logo iriam perceber que o culto a DEUS não é baseado em sentimentos ou emoções, mas em e sacrifício.

Todo o necessário para encontrar a verdade é um pouco de bom senso, mas então, onde está o bom senso hoje em dia?


E há a importantíssima questão de qual Igreja Jesus Cristo realmente fundou:

1. É simples responder a esta pergunta, mas ainda assim quase nenhum não-Católico consegue, ou está disposto a responder com a verdade.
Toda denominação Cristã no mundo foi fundada por uma pessoa com um nome. Simplesmente trace as origens da sua denominação para trás na história e você vai ver que todas as comunidades eclesiais não-Católicas só podem ser traçadas até uns poucos anos na maioria e algumas centenas de anos para algumas. Você vai ver também que ela foi fundada por uma mera pessoa humana.
Isso nos leva de volta à questão da autoridade que discutimos anteriormente.
Alguma dessas pessoas humanas tinha autoridade dada por DEUS para fundar sua comunidade eclesial?
Se você acha que sim, então eu peço uma segunda vez para me mostrar o versículo na Sagrada Escritura.

2. Só há uma Igreja Cristã na terra que pode ser rastreada até quase 2000 anos até o seu fundador Jesus Cristo. Isto pode ser feito por muitos caminhos diferentes e usando muitos documentos históricos autênticos. Já que DEUS nunca muda, então a Igreja que Ele fundou ainda está conosco pois nós temos as Suas promessas de proteção e perpetuidade...

Sua promessa de proteção:
"E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela." Mateus 16,18

Suas promessas de perpetuidade.
"E eu  rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Paráclito, para que fique eternamente convosco. É o Espírito da Verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece, mas vós o conhecereis, porque permanecerá convosco e estará em vós."
João 14,16-17
"Não vos deixarei órfãos; voltarei a vós."
João 14,18
"Ide, pois, e ensinai a todas* as nações; batizai-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ensinai-as a observar tudo* o que vos prescrevi. Eis que estou convosco todos* os dias, até o fim do mundo."
Mateus 28,19-20

*Todas as nações, toda a verdade por todos os dias, têm tom de universalidade, não têm? É um portento da "Igreja Universal" fundada por Jesus Cristo.
Aqui está outro "portento" da Igreja Universal:
"Mas descerá sobre vós o Espírito Santo e vos dará força; e sereis minhas testemunhas em Jerusalém (local), em toda a Judéia e Samaria (espalhando) e até os confins do mundo (cobrindo o mundo inteiro)."
Atos 1,8

Todo o necessário para encontrar a verdade é um pouco de bom senso, mas então, onde está o bom senso hoje em dia?


Há então a questão daqueles que dizem que a Igreja que Jesus Cristo fundou apostatou logo depois que o último Apóstolo morreu:

1. Primeiramente, todas aquelas pessoas não tem nem mesmo um fragmento de documentação histórica que possam exibir para esta falsa acusação. Peça a eles por provas e você vai ver que eles não podem produzir nenhum registro histórico genuíno.
Esta acusação é meramente uma cortina de fumaça a fim de tentar legitimar suas próprias comunidades eclesiais.
Entretanto, há literalmente milhares de documentos históricos genuínos, escritos por inúmeros autores, e datando de cada século desde o primeiro até o nosso que testificam a continuidade intacta da Igreja que Jesus Cristo fundou. A noção de que a Sua Igreja apostatou seria certamente um evento monumental e certamente seria registrado em montanhas de registros históricos, e ainda assim nenhum pode ser encontrado em lugar algum e em nenhum século antes da reforma. Sem prova, como pode alguém acreditar naqueles que propagam esta inverdade deliberada?
Qual credibilidade existe para aqueles que fazem estas acusações falsas e absurdas?

2. Em segundo lugar, e ainda mais sério, eles simplesmente chamaram Jesus Cristo de mentiroso por Suas promessas de proteção e perpetuidade, feitas na sessão anterior.
"Aquele que crê no Filho de Deus tem em si o testemunho de Deus. Aquele que não crê em Deus, o faz mentiroso, porque não crê no testemunho que DEUS deu a respeito de Seu Filho."
1João 5,10
Se você estudar a última linha em Mateus 28,20, diz que Jesus Cristo estará com a Igreja que Ele fundou, todos os dias em todos os séculos, até o fim dos tempos, e sem intervalos, nem mesmo um único dia. Muitos queriam que a gente acreditasse que houve um intervalo de quase 1500 anos desde o tempo em que o último Apóstolo morreu até que Martinho Lutero apareceu e começou a Reforma Protestante.
Agora, sem nenhuma prova, e com eles fazendo esta falsa acusação deliberadamente ignorando os versículos na sessão anterior, e desta forma sendo culpados de chamar Jesus Cristo de mentiroso, onde está a credibilidade deles?
"Nela não entrará nada de profano nem ninguém que pratique abominações e mentiras, mas unicamente aqueles cujos nomes estão inscritos no livro da vida do Cordeiro."
Apocalipse 21,27
Opa! Aqueles que fazem falsas acusações contra a Igreja que Jesus Cristo fundou deveriam se lembrar deste versículo ao invés de adicioná-lo às suas listas de versículos a ignorar.
Aqui estão mais alguns versículos que se encaixam muito bem no nosso tema.
"Porque eu sou o menor dos apóstolos, e não sou digno de ser chamado apóstolo, porque persegui a Igreja de Deus."
1Coríntios 15,9
"Certamente ouvistes falar de como outrora eu vivia no judaísmo, com que excesso perseguia a Igreja de Deus e a assolava;"
Gálatas 1,13
"A mim que outrora era blasfemo, perseguidor e injuriador. Mas alcancei misericórdia, porque ainda não tinha recebido a fé e o fazia por ignorância."
1Timóteo 1,13

Todo o necessário para encontrar a verdade é um pouco de bom senso, mas então, onde está o bom senso hoje em dia?


Um resumo do que discutimos aqui:

1. A verdade é uma só. Só pode haver uma verdade. A Verdade é a pessoa de Jesus Cristo.
2. Só há uma Igreja que Jesus Cristo fundou. Mateus 16,18.
3. Só pode haver uma autoridade para aquela única Igreja. Lucas 10,16, João 20,21-23.
4. Aqueles que trabalham construindo uma casa não construída por DEUS, trabalham em vão. Salmo 127,1
5. O Espírito Santo é DEUS, e DEUS nunca muda, então Ele não pode estar ensinando pontos de vista opostos.

6. DEUS não é o autor de confusão, o homem é que o é. 1Coríntios 14,33
7. Deve haver interpretação adequada da Sagrada Escritura a fim de se chegar à verdade plena.
8. Não devemos ler na Escritura Sagrada o que simplesmente não está lá.
9. Não podemos ignorar na Sagrada Escritura o que é contrário `as nossas crenças.
10. A opinião pessoal de uma pessoa não tem nenhum peso em termos de verdade doutrinal
11. Deus não nos teria dado um livro sem erro sem primeiro nos dar um intérprete infalível.
12. Nossa salvação depende de expressar a verdade e não a falsidade.
13. Se a Pessoa que é a Verdade disse isso, temos a obrigação de acreditar e praticar.
14. Aqueles que se recusam a acreditar, ou que ignoram o que Jesus Cristo ensinou, O chamam de mentiroso.

Todo o necessário para encontrar a verdade é um pouco de bom senso, mas então, onde está o bom senso hoje em dia?

 


"Aquele que não raciocina é um intolerante.
Aquele que não pode raciocinar é um tolo.
Aquele que não ousa raciocinar é um escravo."
William Dummond
 


©
Escrito por Bob Stanley em 24 de dezembro de 2001
Atualizado em 17 de junho de 2004



 
Voltar à Página Principal...